Acabou o recreio

Os últimos dias mostraram a nós, portoalegrenses, a face mais obscura de nossa sociedade atual. Superficialidade, ódio, negação, comportamento em manada e falta de empatia vieram à tona num formato que remete dolorosamente a capítulos sangrentos da história. “Wehret den Anfängen”, diziam os alemães no pós-guerra. “Combatei os primórdios”, admoestava…

Read More