No país do desperdício, um processo inédito de reciclagem

Hugo Veit

Hoje leio na coluna de Políbio Braga sobre um assunto que me deixou orgulhoso. Um pesquisador da UFRGS chamado Hugo Veit, descobriu um processo para reciclagem de placas de circuito impresso. E ele só ganhou o TERCEIRO lugar no Jovem Cientista do CNPq!

Amigos, isso é incrível! Hoje em dia, tudo que é eletrodoméstico é um computador e tem um custo tão barato que não se conserta mais. Ora, a cada aparelho estragado, estamos acumulando uma tralha que não tinha destino até hoje! Sendo reciclado, além de evitar o lixo, estaremos preservando a natureza.

E foi um gaúcho! Mazá! 🙂

Leiam a entrevista completa abaixo:

Entrevista com Hugo Marcelo Veit, pesquisador da UFRGS

A descoberta da reciclagem das placas de computador.

Você conquistou o terceiro lugar na categoria Graduado do XXII Prêmio Jovem Cientista, do CNPq. Qual foi o teu trabalho ?

Ao longo de seis anos, pesquisei e desenvolvi nos laboratórios da Ufrgs um processo inédito de reciclagem de placas de circuito impressos, sobretudo de computadores. Ele está pronto para uso em escala industrial.

O quê é que é isso ?

As placas de computador, especialmente, formam resíduos não recicláveis. Usando equipamentos de engenharia de minas e de eletro-metalurgia, faço a moagem, separando cerâmica, plásticos e minérios, destacando depois os minérios para liquefazê-los, com o que é possível proceder a separação total. O objetivo mais nobre é obter o cobre.

É isso ?

É isso. E é inédito. O problema vai ser a coleta.

12 thoughts on “No país do desperdício, um processo inédito de reciclagem

  1. natanael

    Bom dia!
    Vitor.Parabens

    Gostaria de conhecer melhor o processo de reciclagem destas sucatas de informática e outros.

    atenciosamente.
    natamo

  2. natanael

    bom dia!

    Hugo, Parabens

    Gostaria de conhecer melhor este processo de reciclagem e outros.

    atenciosamente.

    moura

  3. Carla Geanfrancisco

    Ola Hugo Marcelo Veit
    Gostaria de conhecer melhor o seu projeto, estou trabalhando em um projeto de doacao de computadores.
    Nos recebemos a doacao, recondicionamos os computadores que tem condição e doamos, mas temos tambem os inservíveis, que sao aqueles que nao conseguimos mais utilizar e precisamos dar um destino ambientalmente correto.
    Por favor habilite um canal para conversamos, podemos fazer grandes progressos.
    Obrigada
    Carla Geanfrancisco
    carlageanf@terra.com.br

  4. jose

    boa noite, gostaria de maiores informacoes sobre sua pesquisa e a possibilidade de conversarmos, pois coletamos 60 ton de placas mes no brasil.obrigado

  5. Ney pantoja

    Parabens Hugo!
    Eu gostaria de receber mais informações sebore este processo, pois estou com uma ideia de fazer um projeto para faculdade e este estará voltado para a reciclagem. Sou comprador de uma industria e acompanho de perto estes processos de sucateamento de materiais que tornam-se obsoletos e sem alternativas para uma outra aplicação.
    Aguardo seus cometários.

    Ney Pantoja
    ney.pantoja@hotmail.com
    Usuario Skype: env_ney

  6. maria raquel

    Ola!
    gostaria de saber mais detalhes de como funciona este projeto!
    Ou com quem poderia falar para poder obter maores inforaçoes, pois sou Bióloa e fiquei muito entusiasmada com esta pesquisa!
    desde ja adgradeço

  7. mandrei Post author

    Para saber mais sobre o Hugo Veit:

    Hugo Marcelo Veit é engenheiro metalúrgico, doutor em Ciência e Tecnologia dos Materiais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. É ganhador do terceiro lugar na categoria “graduado” da XXII edição do Prêmio Jovem Cientista. Contato: mailto:hugomv@pop.com.br

%d blogueiros gostam disto: